Notícias

Abandonar o cigarro ajuda a prevenir o câncer que mais mata no mundo

Por Jacqueline Moura/Itatiaia, 06/11/2018 às 11:05
atualizado em: 06/11/2018 às 11:12

Texto:

O câncer de pulmão é o tipo mais incidente e o que mais mata no mundo. São mais de 1,350 milhão de novos casos por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Para o Brasil, estimam-se quase 19 mil casos novos de câncer de pulmão entre homens e de 12.530 nas mulheres para cada ano do biênio 2018-2019.  Sem considerar os tumores de pele não melanoma, em homens é o segundo mais frequente nas Regiões Sul e Centro-Oeste. Para as mulheres, é o terceiro mais frequente nas Regiões Sul e Sudeste. 

De acordo com o oncologista da Oncomed Elias Lima, o câncer de pulmão é uma doença devastadora. A maioria dos casos termina em morte no primeiro ano após o diagnóstico. A enfermidade está relacionada com o uso do cigarro. Para a prevenção deste tipo de câncer, o abandono do hábito de fumar é essencial. 

Um estudo desenvolvido na Holanda e na Bélgica mostrou que a realização do exame de tomografia computadorizada com frequência, por fumantes, ajudou a reduzir em 40% a mortalidade por câncer de pulmão em mulheres. Entre os homens a redução foi de 26%.  Outro benefício importante, além da redução da mortalidade, é o abandono do cigarro. As pessoas quando começam a fazer exames periódicos são lembradas da importância de largar o vício, o que ajuda na prevenção do câncer de pulmão. 

“O paciente que deixa o hábito de fumar vai ter melhorias na saúde. Depois de 10 a 15 anos do abandono do vício, o ex-fumante vai ter o mesmo risco de desenvolver o câncer de pulmão que uma pessoa normal. Mas é importante lembrar que outras doenças pulmonares causadas pelo cigarro são irreversíveis, como por exemplo, enfisema pulmonar”, explica o especialista.
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Homem ameaça atear fogo em creche no Norte de Minas e é preso com produto inflamável. - https://t.co/5FvO1NdVKl https://t.co/WkctaRDdNn

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    À polícia, ele disse que apenas quis dar um susto em uma das “tias” que estava no local, mas não soube explicar o que faria com o material. Leia!

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    No aglomerado, ninguém tem notícias de Otávio, que é bastante conhecido e teve, inclusive, votação expressiva nas últimas eleições. "Foi o segundo mais votado na Serra", desta...

    Acessar Link