SulAmerica - Interna - Maxiboard

Notícias

Bolsonaro defende mudança na lei que dá respaldo jurídico a agentes de segurança

Por Agência Estado , 11/01/2019 às 09:23
atualizado em: 11/01/2019 às 09:24

Texto:

Foto: Marcos Corrêa/PR
Marcos Corrêa/PR

Após divulgar um vídeo no qual é xingado e ameaçado diante do incêndio em um posto de combustíveis no Ceará, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender mudanças na lei para dar retaguarda jurídica a agentes de segurança. Ainda na campanha eleitoral, Bolsonaro defendeu o chamado "excludente de ilicitude" para evitar punição a policiais que, eventualmente, se envolvam em confrontos. 

"Sabem exatamente o que fazem e porquê! Combatê-los é simples e rápido, mas requer que os Poderes permitam mecanismos para realmente defender a população! Sozinho fazemos nossa parte, contudo é necessário ações para que os agentes de segurança possam dar a efetiva resposta", escreveu Bolsonaro, em resposta a um internauta que falou sobre "bandidagem".

Na mesma rede social, Bolsonaro cumprimentou outro internauta que defendeu respaldo jurídico para agentes de segurança pública "atirar e matar esses vermes de nossa sociedade". A resposta ao comentário foi um "bom dia" e um ícone de positivo com o polegar.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Toffoli deixa para Marco Aurélio decisão sobre dados da quebra de sigilo de Aécio Neves: https://t.co/vjqFi4h0c5 https://t.co/EHmIvLVgqv

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Procuradoria-Geral da República solicitou o envio dos dados bancários do tucano à Polícia Federal para dar continuidade às investigações no âmbito da Operação Patmos

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Presidente já indicou que, além do decreto, deverá dialogar com o Congresso para realizar outras mudanças no Estatuto do Desarmamento

    Acessar Link