Unimed Set Maxiboard interno

Notícias

Com Chile, países sul-americanos relançam candidatura para Copa do Mundo de 2030

Por Agência Estado, 20/03/2019 às 20:27
atualizado em: 20/03/2019 às 20:29

Texto:

Um evento nesta quarta-feira marcou o relançamento da candidatura dos países sul-americanos para a Copa do Mundo de 2030. Argentina, Paraguai, Uruguai e Chile, o último a entrar no grupo, foram oficializados como postulantes conjuntos a sediar o torneio.

A cerimônia aconteceu em Buenos Aires, com a presença dos presidentes de cada um dos países: Mauricio Macri (Argentina), Tabaré Vázquez (Uruguai), Mario Abdo (Paraguai) e Sebastián Piñera (Chile). O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, também esteve presente.

Inicialmente, a candidatura tinha apenas Argentina e Uruguai e deveria celebrar os 100 anos da decisão da primeira Copa do Mundo, em 1930, justamente entre os dois países - os uruguaios saíram vencedores. Posteriormente, porém, o Paraguai se juntou ao grupo graças a um acordo político.

A candidatura tripla chegou a ser oficializada durante uma visita do presidente da Fifa, Gianni Infantino, a Buenos Aires em 2017. Com o passar dos meses, porém, perdeu força e chegou a ficar ameaçada diante da crise econômica enfrentada pela Argentina, o que teria resultado na entrada do Chile.

A tendência é que os sul-americanos tenham como rivais mais duas candidaturas conjuntas. A Inglaterra já indicou que será postulante ao lado de Irlanda do Norte, País de Gales, Escócia e Irlanda. A outra deve ter Bulgária, Grécia, Romênia e Sérvia. Há ainda a possibilidade de o Marrocos se candidatar, após ser derrotado na eleição do ano passado para o Mundial de 2026, que acontecerá nos Estados Unidos, México e Canadá.

"Sabemos que estamos diante de competidores difíceis. Por isso, este trabalho tem que começar o mais cedo possível", declarou Macri. "É uma tarefa que exige inteligência, profissionalismo e coordenação com a Conmebol."

Destes quatro países, somente o Paraguai não tem experiência como sede de uma Copa do Mundo. O Uruguai recebeu a primeira, em 1930, enquanto o Chile organizou a de 1962, vencida pelo Brasil, e a Argentina o fez em 1978.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link