Notícias

Crianças são principais vítimas de queimaduras; médico dá dicas para evitar acidentes

Por Jacqueline Moura, 06/06/2018 às 10:31
atualizado em: 11/06/2018 às 15:49

Texto:

Foto: Divulgação / Fhemig
Divulgação / Fhemig

O dia de Combate às Queimaduras é lembrado nesta quarta-feira, 6 de junho. A data serve para reforçar o alerta sobre os riscos e consequências dos ferimentos, além de destacar a importância de cuidados simples. A maior parte das queimaduras é decorrente de acidentes domésticos. Quem nunca se queimou ao cozinhar? Por isso, é muito importante ficar atento em casa, principalmente quando tem crianças por perto. A cozinha, por exemplo, deve ser local proibido para os pequenos.

O médico Marcelo Lopes, diretor técnico do Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, referência nacional no atendimento aos casos de queimados, alerta que a maioria das crianças chegam queimadas ao hospital em razão de acidentes com água quente. 

“Normalmente, a mãe estava fazendo um café ou um chá ou alguma outra coisa na cozinha e a criança chega e puxa a vasilha com água quente e acaba se queimando. Isso é muito comum. Outra situação que ocorre bastante é a criança queimar na hora do banho. A pele da criança é muito mais sensível do que a nossa, então a temperatura da água não pode ser a mesma que usarmos, 36º temperatura da água já pode queimar a criança”, alerta. 

“Papais e mamães, coloquem protetores em suas tomadas. Tivemos um aumento gigantesco no número de crianças que se queimam nas tomadas. Não deixem o carregador de celular na tomada, a criança pode tentar tirar e se queimar”, chama a atenção dos pais.

Adultos

Os casos de queimaduras envolvendo adultos têm várias circunstâncias. De acordo com o médico, há casos de agressão, em que durante uma briga um joga álcool no outro e coloca fogo, e também os acidentes domésticos. “Até hoje as pessoas acendem churrasqueira com álcool. Já existem várias maneiras de acender a churrasqueira, mas as pessoas insistem em usar o álcool. A gente vê na prática que quando proíbe a venda do álcool líquido em supermercados, reduz de 30% a 40% os casos de queimaduras atendidos aqui no HPS”, ressalta.

São três tipos de queimaduras:

- Queimadura de primeiro grau, em que a pele fica vermelha e ardida. Exemplo: queimadura causada pela exposição ao sol sem o uso de protetor solar adequado. 

- Queimadura de segundo grau, aquela queimadura que provoca bolha, queima a superfície da pele e a parte interna também. Não pode estourar, nem passar nada na bolha, apenas água fria.

- Queimadura de terceiro grau, é a queimadura que atinge as camadas mais profundas da pele e do corpo, como os músculos, vasos sanguíneos e até os ossos. As queimaduras mais graves são definidas pela porcentagem de área queimada no corpo. 

Em casos de queimaduras, as pessoas devem procurar o João XXIII, que atende em média três casos por dia, fora a demanda de cidades do interior. 

O médico também orienta. “Ao se queimar, a pessoa não deve usar na queimadura creme dental, borra de café, urina, fezes de vaca ou gelo. Nada deve ser usado, apenas jogar água fria e procurar o pronto-socorro”, informa Marcelo Lopes.

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Manutenção nos trilhos aumentará intervalo entre as viagens do metrô neste domingo - https://t.co/sgGk0jRLgp https://t.co/UBGDNbUeQe

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Se vencer, alvinegro supera o rival carioca nos critérios de desempate.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽Se passar pelo Palmeiras, o Cruzeiro solicitará à Associação Uruguaia a liberação.

    Acessar Link