Notícias

Inflação medida pelo IPC-S sobe para 0,41% em maio; efeitos da greve na economia

Por Agência Brasil, 04/06/2018 às 10:04
atualizado em: 04/06/2018 às 17:03

Texto:

Foto: Arquivo/Fernando Frazão/Agência Brasil
Arquivo/Fernando Frazão/Agência Brasil

A inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), subiu de 0,34% em abril para 0,41% em maio deste ano. O dado foi divulgado nesta segunda-feira no Rio de Janeiro, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Três grupos de despesas tiveram alta na taxa de inflação de abril para maio.

Os transportes subiram de 0,07% para 0,48%. A gasolina foi o item que teve maior impacto na alta do grupo, com inflação de 2,57% em maio.

Mais altas

Os custos com habitação registraram aumento de 0,73% em maio, acima da taxa de 0,26% de abril. O principal impacto nesse grupo de despesas veio da eletricidade residencial, com inflação de 3,94% no mês. O outro grupo com alta foi comunicação, que subiu de 0,07% para 0,20%.

Os demais grupos tiveram recuo na taxa: saúde e cuidados pessoais (de 1,12% para 0,70%), alimentação (de 0,29% para 0,24%), educação, leitura e recreação (de 0,12% para -0,37%), vestuário (de 0,60% para 0,41%) e despesas diversas (de 0,13% para 0,06%).

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Economia de R$ 10 bi, reestruturação, reajuste e adicionais; confira pontos da reforma dos militares… https://t.co/wysy1ksbIY

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Proposta prevê ainda o aumento do tempo mínimo de atividade para a aposentadoria dos atuais 30 anos para 35 anos, para os novos ingressantes nas Forças Armadas

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Hoje, apenas ativos e inativos pagam uma alíquota de 7,5%. Os demais não recolhem para o pagamento de suas aposentadorias.

    Acessar Link