Precon - Maxiboard - Internas

Notícias

Justiça condena fornecedores de pinos para traficantes de cocaína na Grande BH

Por Redação, 12/07/2018 às 07:51
atualizado em: 12/07/2018 às 07:57

Texto:

Dezesseis fornecedores de pinos para embalar cocaína em pó, fase vulgarmente conhecida como “dolagem” no tráfico de drogas, foram condenados pela 2ª Vara de Tóxicos de Belo Horizonte. A sentença se baseou nas investigações da Polícia Civil que duraram mais de seis meses, entre os anos de 2016 e 2017, e comprovaram a atuação dos réus na região dos Bairros Casa Branca e Paulo VI, em Belo Horizonte, e Nossa Senhora de Fátima, em Sabará, na Região Metropolitana da capital.

Segundo a denúncia do Ministério Público, os policiais do Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico (Denarc) deflagraram uma operação denominada “Bola”, com o monitoramento das ligações telefônicas dos investigados, tendo como alvo principal o líder do grupo, Valter Pereira Reis. A operação apurou a atuação dos réus na fabricação, distribuição, atitude e associação para o tráfico de drogas. O denunciado (Valter Pereira) fornecia pinos a traficantes de drogas.

Três réus foram condenados pelas infrações penais descritas nos artigos 34 (objetos relacionados à fabricação, preparação, produção ou transformação de drogas) e 35 (associação para o tráfico de drogas), e a pena foi aumentada pelo crime previsto no artigo 40, inciso VI (crime de corrupção de menores), todos da Lei 11.343/06.

Os três tiveram penas de reclusão que variaram de dez anos e seis meses a sete anos e dois meses de prisão, em regime fechado. Os outros treze réus foram condenados pelos crimes de associação para o tráfico de drogas e de corrupção de menores. As penas desses variaram de três a seis anos de prisão.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️ #Cruzeiro: com Thiago Neves de volta, delegação segue agora para São Paulo. Time terá muitas mudanças pra amanhã… https://t.co/fl1QhIdPeh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽ Lógico que quero dar continuidade e ter sequência. 👇

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Conforme denunciado à Polícia Militar (PM), ele a obrigava a fazer sexo oral e anal.

    Acessar Link