Notícias

Morre mulher grávida que foi esfaqueada pelo ex-companheiro na Região Metropolitana de BH

Por Redação , 11/01/2019 às 09:59
atualizado em: 11/01/2019 às 10:21

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

A dona de casa Gilvane Paula Agostinho, de 38 anos, morreu na noite dessa quinta-feira (10) após ficar internada por ter sido esfaqueada pelo ex-companheiro no bairro Recanto Verde, em Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A vítima estava grávida de sete meses.

Sem aceitar a separação, Darismar Vieira, de 38 anos, atacou a mulher, que inicialmente foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento Nova Contagem, em Contagem, também na Grande BH, e depois transferida para o hospital municipal da cidade.

Darismar é deficiente de um braço e de uma perna e, na fuga, dirigia em alta velocidade um veículo Gran Siena adaptado. Ele perdeu o controle do veículo, bateu em um poste e capotou o carro na LMG-808, em Nova Contagem, e está internado na mesma unidade de saúde onde Gilvane morreu.

O filho da vítima, Lucas Agostinho, de 19 anos, afirma que Darismar é muito ciumento e que, no ano passado, agrediu Gilvane.
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    🙏 "A nossa existência é dividida em fases, e cada uma delas representa um aprendizado." Ore e compartilhe a oração… https://t.co/4tSY2aZhpH

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    A decisão vale para todas as servidoras públicas que atuam na administração direta, em autarquias ou fundações

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O relator do caso destacou que a responsabilidade civil do homem decorre do fato de que ele sabia ser soropositivo e mesmo assim mantinha relações extraconjugais, sem o conhec...

    Acessar Link