DIGI+ Campeão Mineiro - Internas

Notícias

MP cobra da Renova cumprimento de acordos com atingidos por barragem em Mariana

Por Redação, 03/05/2019 às 14:01
atualizado em: 03/05/2019 às 20:17

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Clarissa Barçante /ALMG
Clarissa Barçante /ALMG

O Ministério Público de Minas Gerais e atingidos pelo rompimento da barragem da Samarco em Mariana, na região Central do estado, discutiram na manhã desta sexta-feira, na Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, a atuação da Fundação Renova, criada para cuidar da reparação dos danos às vítimas.

Foram muitas as denúncias dos atingidos, principalmente de descumprimento de acordos. O promotor de Mariana, Guilherme Meneghin, afirma que há 22 ações coletivas contra a Renova e pediu mais “boa vontade e competência” da fundação.

Segundo o promotor, mais de 90% da reparação do direito à moradia e da indenização final não foram cumpridos. “Pasmem! Até mesmo ações emergenciais não foram cumpridas de forma integral. Muitas famílias que tinham direito a casa alugada e a auxílio financeiro para garantir sua dignidade só receberam após intervenção do Ministério Público através de uma medida judicial”, declarou.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️#Atlético: Vice-presidente do @Atletico @lasaroccunha entregou camisa oficial ao presidente da @CONMEBOL Alejandr… https://t.co/vbt5CRlEZ7

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    No Brasil, 28% dos diretores dizem ter testemunhado intimidação ou bullying entre estudantes - o dobro da média da OCDE.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Inmet destaca que a redução das chuvas em grande parte do país leva à diminuição da umidade do ar.

    Acessar Link