SulAmerica - Interna - Maxiboard

Notícias

Escrivão da Polícia Civil mata ex-mulher dentro da Câmara Municipal de Contagem

Por Redação , 16/05/2018 às 09:46
atualizado em: 17/05/2018 às 06:58

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

Um escrivão da Polícia Civil invadiu a Câmara Municipal de Contagem, na Grande BH, e assassinou a ex-mulher com quatro tiros na manhã desta quarta-feira. A vítima foi identificada como Ludmila Leandro Braga. Ela era secretária do vereador Jerson Braga Maia (PPS), o Caxicó, e o crime teria motivação passional.

O autor dos disparos é o escrivão da Polícia Civil Cláudio Roberto Weichert Passos, ex-marido de Ludmila. Após matar a mulher, ele tentou suicídio, mas foi socorrido para um hospital.

Cláudio Roberto estava afastado das funções por problemas psiquiátricos. Ludmila deixa duas filhas.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Toffoli deixa para Marco Aurélio decisão sobre dados da quebra de sigilo de Aécio Neves: https://t.co/vjqFi4h0c5 https://t.co/EHmIvLVgqv

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Procuradoria-Geral da República solicitou o envio dos dados bancários do tucano à Polícia Federal para dar continuidade às investigações no âmbito da Operação Patmos

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Presidente já indicou que, além do decreto, deverá dialogar com o Congresso para realizar outras mudanças no Estatuto do Desarmamento

    Acessar Link