Notícias

No mês de conscientização sobre doenças do sangue, saiba como evitar a anemia

Por Jacqueline Moura, 05/06/2018 às 14:22
atualizado em: 08/06/2018 às 18:10

Texto:

Foto: EBC
EBC

O Junho Laranja é o mês voltado para a conscientização das doenças do sangue, entre elas a anemia, problema que tem como principal característica a redução da quantidade de glóbulos vermelhos no organismo (responsáveis pelo oxigênio dos órgãos). A anemia tem várias causas, sendo a deficiência de ferro a principal delas.

O diretor do Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, Marcelo Lopes, ressalta que há vários tipos de anemia: 

 1) Anemia aguda: ocorre devido à perda excessiva de sangue, na maioria das vezes causada por alguma lesão grave. Tem cura.

 2) Anemia crônica: ocorre de maneira lenta e gradual, ao longo de várias semanas ou meses. Costuma ser assintomática até nas fases bem avançadas. Tem cura.

 3) Anemia hereditária: a mais comum é a anemia falciforme. A hemoglobina tem formato de discos para transportar o oxigênio pelo nosso corpo. Na anemia falciforme, o formato é de foice e se autodestrói, o que dificulta o transporte do oxigênio. Não tem cura.

O médico destaca que cerca de 90% dos casos de anemia crônica no Brasil são ocasionados pela carência de ferro no organismo. “É necessário que as pessoas se alimentem bem para que não tenham anemia. A alimentação balanceada com arroz e feijão, folhas verdes escuras, beterraba e proteína animal ajuda na prevenção da doença”, explica.

O tratamento das anemias aguda e crônica é feito principalmente por meio da dieta balanceada. Mas para prevenir a anemia não basta apenas ter uma boa alimentação. A prática de atividades físicas e hidratação diária são essenciais para ajudar a combater a doença. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    🙏 "A nossa existência é dividida em fases, e cada uma delas representa um aprendizado." Ore e compartilhe a oração… https://t.co/4tSY2aZhpH

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    A decisão vale para todas as servidoras públicas que atuam na administração direta, em autarquias ou fundações

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O relator do caso destacou que a responsabilidade civil do homem decorre do fato de que ele sabia ser soropositivo e mesmo assim mantinha relações extraconjugais, sem o conhec...

    Acessar Link