Notícias

PM culpa produção de Marília Mendonça por baderna pós-show em Belo Horizonte

Por Redação , 08/10/2019 às 14:00
atualizado em: 08/10/2019 às 18:18

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

A Polícia Militar (PM) informou na manhã desta terça-feira que a produção da cantora Marília Mendonça não comunicou oficialmente a Prefeitura de Belo Horizonte e nem a polícia sobre o show na Praça da Estação, no Centro, na noite dessa segunda (7).

De acordo com o porta-voz da PM, major Flávio Santiago, um ofício foi encaminhado à administração municipal no dia 3 de outubro em nome de Eduardo Pepato informando sobre a gravação de um documentário com público estimado de 20 mil pessoas, que depois foi alterado para 15 mil. 

“Em nenhum momento foi tratado de show de Marília Mendonça, que arrasta costumeiramente multidões. Então, serão responsabilizados. A Polícia Militar, junto com a prefeitura, já produz um relatório para o Ministério Público porque com segurança pública nós não podemos brincar.”

Foram registradas 46 ocorrências, com 14 presos. Duas pessoas foram esfaqueadas, uma antes e uma depois do show.

Em nota, a produção da cantora informou que, “além das equipes da Policia Militar e da Guarda Civil, contratou um contingente de mais 100 seguranças privados, além de seguir todas as orientações das autoridades locais.”

A produção disse ainda que adotou procedimentos necessários, como o cercamento de jardins e a montagem de barricadas para garantir a segurança do público e de profissionais que atuaram no evento.

Conforme a nota, a cantora lamentou profundamente os fatos relatados e reforçou que o projeto é uma maneira de retribuir ao seu público, através do show gratuito, o carinho que recebe dos fãs. 

Leia mais:

Pós-show de Marília Mendonça em BH tem arrastão, pancadaria e facada 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link