Unimed - Viver Bem - Internas - Maxiboard

Notícias

Saiba como prevenir o aparecimento de alergias; reação grave pode matar

Por Jacqueline Moura , 28/05/2018 às 18:55
atualizado em: 01/06/2018 às 09:36

Texto:

Foto: EBC
EBC

A estudante Valéria dos Reis, 23 anos, convive com várias alergias desde criança. Alergia a poeira, pelo de animais e até a produtos vermelhos e amarelos, sejam industrializados ou orgânicos. “Desde pequena não posso com bichinhos de pelúcia, animais, cortinas e tapetes. Tenho que limpar o quarto e tirar o pó com bastante frequência”, conta.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), 35% da população brasileira sofre com algum tipo de alergia. As mais comuns são as respiratórias, mais frequentes nesta época do ano, de pele, alimentares, picadas de insetos, medicamentos, entre outras. Para a Organização Mundial da Alergia, cerca de 40% da população mundial têm rinite alérgica, que é uma das manifestações mais frequentes das alergias. 

Segundo a médica alergologista da Unimed-BH, Marisa Lages Ribeiro, a alergia é um estado de hipersensibilidade aumentado em relação a alguma substância proteica. “Por exemplo, a pessoa que tem alergia a picada de abelha. Na verdade, ela tem alergia às proteínas presentes no veneno da abelha”, explica. 

“Anafilaxia é a reação alérgica grave que pode causar morte. É caracterizada pelo aparecimento de placas vermelhas espalhadas pelo corpo, acompanhadas de inchaço, falta de ar, dores abdominais, náuseas, diarreia, etc. Neste caso, a pessoa deve procurar imediatamente atendimento médico”, alerta a especialista da Unimed-BH. “Aqui no Brasil, essa alergia na forma mais grave ocorre em adultos, com a alergia a frutos do mar, e em crianças, com alergia ao leite ou ovo”.  

Prevenção

As vacinas podem ajudar na prevenção de algumas alergias, como ácaros e poeira. Mas só a vacina não é suficiente. “No caso da alergia aos ácaros é importante fazer um controle ambiental: manter a casa arejada, cortinas e tapetes limpos, colocar capas em sofá, travesseiros e colchões, deixar o sol adentrar ao ambiente e evitar o acúmulo de objetos como livros, bichinhos de pelúcia, etc.”, esclarece a médica.

Para evitar as alergias alimentares, o ideal é evitar o causador da hipersensibilidade. Normalmente, frutos do mar em geral, leite, ovo, amendoim, entre outros. 

A alergia pode aparecer em qualquer fase da vida, inclusive na adulta. Muitas pessoas nunca tiveram alergia, mas depois apresentam a sensibilidade exagerada a determinadas substâncias. 

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Delegado Christiano Xavier é eleito prefeito de Santa Luzia com 54% dos votos válidos: https://t.co/hhOEUzcwW9 https://t.co/TmeRGeu9Hw

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Cidade da Grande BH tem novo chefe no Executivo.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O relatório indica que quanto menor a escolaridade dos pais, maior é a proporção dos interessados na carreira.

    Acessar Link