DIGI+ Campeão Mineiro - Internas

Notícias

Servidores do TJMG iniciam greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira 

Por Redação , 18/03/2019 às 08:18
atualizado em: 18/03/2019 às 08:26

Texto:

Foto: Divulgação Sinjus
Divulgação Sinjus

Os servidores da 2ª instância do Poder Judiciário vão entrar em greve por tempo indeterminado a partir desta terça-feira (19). A categoria diz que o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) descumpre as leis da data-base e dos auxílios-saúde. O movimento foi acertado após reunião no Sindicato dos Servidores da Justiça de 2ª Instância do Estado de Minas Gerais (Sinjus-MG), na semana passada.

O primeiro ato de greve será uma manifestação nesta terça-feira, a partir das 12h30, em frente à sede do TJMG, na avenida Afonso Pena, bairro Mangabeiras, região Centro-Sul de BH.

“Desde que foi aprovada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, no final de 2018, a Lei Nº 23.173/2018, dos Auxílios-Saúde e Transporte, vem sendo ignorada pelo presidente do Tribunal, desembargador Nelson Missias. Somente após a greve realizada no último dia 28/2 e a marcação da AGE com indicativo de greve nesta quarta-feira, o TJMG emitiu posicionamento, mesmo assim condicionando a implementação apenas do auxílio-saúde à regularidade de repasses de verbas por parte do governo do Estado", diz nota do Sinjus.

Em ofício enviado ao Sinjus, o desembargador Nelson Missias disse não reconhecer a legitimidade das razões alegadas para sustentar o movimento grevista. Ressaltou que o pagamento do auxílio-saúde já foi anunciado para maio. Disse também que data-base está na pauta, mas depende de uma avaliação orçamentária. 
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️#Atlético: Vice-presidente do @Atletico @lasaroccunha entregou camisa oficial ao presidente da @CONMEBOL Alejandr… https://t.co/vbt5CRlEZ7

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    No Brasil, 28% dos diretores dizem ter testemunhado intimidação ou bullying entre estudantes - o dobro da média da OCDE.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Inmet destaca que a redução das chuvas em grande parte do país leva à diminuição da umidade do ar.

    Acessar Link