Notícias

Victor elogia manutenção da base do Atlético e reforços: ‘Não é aquele monte de jogadores’

Por Agência Estado, 11/01/2019 às 16:17
atualizado em: 11/01/2019 às 16:38

Texto:

Foto: Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

O goleiro Victor exaltou nesta sexta-feira a manutenção da base do elenco do Atlético Mineiro para a nova temporada. Na sua avaliação, o clube acertou nas contratações pontuais, sem trazer muitos reforços, o que poderia atrasar a adaptação para o início das competições. 

"É importante para dar continuidade ao trabalho, saber como a equipe joga. É evidente que vêm chegando algumas peças, mas são contratações pontuais. Não é aquele monte de jogadores que às vezes chegam e acabam levando um certo tempo de adaptação", disse o jogador, após o treino desta manhã. 

Para a nova temporada, o Atlético trouxe até agora quatro reforços: os zagueiros Réver e Igor Rabello, o lateral Guga e o volante Jair. E terá sob o seu comando o técnico Levir Culpi, que voltou ao clube na reta final do último Brasileirão. 

Para Victor, o número de reforços é adequado porque acredita que o time não precisaria de muitas mudanças. "Apesar de algumas dificuldades que a equipe enfrentou ano passado, fez um bom trabalho. Principalmente com essa base de equipe que finalizou a temporada. Então é procurar evoluir, ajustar algumas coisas, mas o importante é que a gente tem uma base de time, uma estrutura que vem do ano passado", avaliou. 

As poucas alterações também vão facilitar no entrosamento do grupo e do time, segundo o goleiro. "Isso acaba fazendo a gente ganhar tempo no que diz respeito a ritmo de jogo, entrosamento, à manutenção tática. A gente já se conhece. Então, é importante que a gente já começa o ano com uma estrutura que vem do ano passado e conseguiu bons resultados, inclusive a classificação para a Libertadores", declarou.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Economia de R$ 10 bi, reestruturação, reajuste e adicionais; confira pontos da reforma dos militares… https://t.co/wysy1ksbIY

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Proposta prevê ainda o aumento do tempo mínimo de atividade para a aposentadoria dos atuais 30 anos para 35 anos, para os novos ingressantes nas Forças Armadas

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Hoje, apenas ativos e inativos pagam uma alíquota de 7,5%. Os demais não recolhem para o pagamento de suas aposentadorias.

    Acessar Link