Notícias

Alonso paga compra de torcedor que contava moedas por camisa e chinelo na Loja do Galo

Cliente da loja, trabalhador informal foi surpreendido com o presente do zagueiro atleticano

Por Fábio Rocha, 27/10/2020 às 20:51
atualizado em: 28/10/2020 às 12:05

Texto:

Foto: Reprodução/Redes sociais
Reprodução/Redes sociais

O zagueiro Junior Alonso virou assunto nas redes sociais nesta terça-feira. O jogador do Atlético visitou a Loja do Galo do Shopping Estação BH, na região Norte da capital, com a esposa e os filhos e, devido à presença ilustre, foi fotografado por funcionários do local. Mas uma atitude do defensor paraguaio dentro da loja foi o que chamou a atenção: ele ficou sensibilizado com um torcedor que contava moedas para adquirir uma camisa do goleiro Victor e um chinelo e pagou a compra do atleticano.

A história viralizou nas redes sociais por meio de um relato do gerente da loja, Renan Gravini. Em contato com o site da Itatiaia, Renan confirmou a veracidade do áudio e disse que enviou apenas para um amigo, mas não sabia que iria se espalhar.

“Na verdade, eu nem tinha autorização dele (Alonso) para contar a história. Mandei só para um amigo”, contou o gerente, que ficou surpreso com a repercussão que a história ganhou.

Sobre o torcedor presenteado por Junior Alonso, Renan contou que ele já é cliente conhecido da loja e trabalha próximo ao shopping na informalidade. “Ele é um cliente da loja que já comprou aqui outras vezes. Ele trabalha vendendo água e paçoca perto do Shopping Estação. Geralmente, os clientes dele pagam com moeda”, disse.

Na hora de pagar a compra, o torcedor foi surpreendido pela atitude de Alonso. O paraguaio viu o atleticano contando as moedas no balcão, perguntou a Renan o que ele estava comprando e disse para avisá-lo de que a compra estava paga e não precisaria se preocupar.

“Ele estava contando as moedas para pagar a blusa. O Alonso perguntou o que ele estava adquirindo e eu disse que era uma blusa. Aí o Alonso disse que poderia guardar as moedas e ficar tranquilo que ele pagaria”, explicou o gerente da loja.

Franqueado da Loja do Galo no Shopping Estação BH há alguns anos, Renan contou que vários jogadores do Atlético já visitaram a loja, até por ser perto da Cidade do Galo. Todos se mostram solícitos aos torcedores no local, mas nenhum ainda teve atitude parecida a de Alonso.

“É a primeira vez. Os jogadores que vêm aqui são bacanas, atendem os clientes, dão autógrafos e tiram fotos. Mas nunca tinha acontecido um caso assim. O cliente não pediu nada para ele, o Alonso que viu a situação e deve ter pensado ‘ele está contando moedas ali, então vou presenteá-lo’”, afirmou.

“A questão nem é ser rico, porque a gente sabe que jogador é bem remunerado, mas é pela atitude. São poucos que olham para o lado e têm essa atitude. O Alonso é um cara diferenciado. O pouco tempo em que ele ficou aqui e que a gente conversou, vi que ele é diferenciado”, completou.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    A decisão foi tomada pela Secretaria de Saúde devido à baixa adesão. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    A ferramenta digital dá acesso a uma série de serviços da Justiça Eleitoral. #Itatiaia

    Acessar Link