Notícias

Cruzeiro bate Botafogo-SP, no Mineirão, e estreia com vitória no Brasileirão Série B

Com gol no fim da partida, Raposa venceu por 2 a 1 na noite deste sábado

Por Fábio Rocha, 08/08/2020 às 21:00
atualizado em: 09/08/2020 às 14:38

Texto:

Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro
Gustavo Aleixo/Cruzeiro

O Cruzeiro estreou com o pé direito na Série B do Campeonato Brasileiro. Com todos os gols no segundo tempo, o time celeste não foi brilhante, mas jogou o suficiente para vencer o Botafogo-SP por 2 a 1, neste sábado, no Mineirão, pela primeira rodada da competição.

Após encontrar muitas dificuldades para criar no primeiro tempo, o Cruzeiro abriu o placar com Cacá, aos 17 minutos da etapa final. Mas depois de balançar as redes, a Raposa relaxou e viu Wellington Tanque empatar para o time paulista aos 40. Contudo, dois minutos depois, Jean fez o gol da vitória celeste e evitou um tropeço logo de cara da equipe na Segunda Divisão.

Com o resultado, o Cruzeiro segue na lanterna da Série B - devido à punição da Fifa, que impôs a perda de seis pontos à Raposa pelo não pagamento da dívida com o Al Wahda pelo volante Denilson. Agora, o time celeste aparece com três pontos negativos na classificação.

Na próxima rodada, o Cruzeiro vai até Campinas para enfrentar o Guarani. O duelo será disputado na terça-feira, às 20h30, no estádio Brinco de Ouro da Princesa. Já o Botafogo-SP recebe o Confiança, terça, às 19h15, na Fonte Luminosa, em Araraquara.

O jogo

Reforçado com o atacante Marcelo Moreno, recuperado de dores lombares, o Cruzeiro começou a partida levando perigo. Cáceres chegou pela direita e cruzou rasteiro para Mauricio, que desviou tentando mandar no canto, mas a bola passou raspando a trave.

A resposta do Botafogo-SP veio pouco depois. Naldo acertou um belo chute da entrada da área buscando o ângulo, mas Fábio se esticou todo para espalmar e salvar o Cruzeiro.

Encontrando muitas dificuldades para criar jogadas ofensivas, o Cruzeiro pouco ameaçava a meta do time de Ribeirão Preto. A equipe celeste teve um lampejo aos 22 minutos em uma bomba de Marcelo Moreno de fora da área, mas o goleiro Darley saltou e mandou para escanteio.

Em disputa de bola na área do Botafogo-SP, Moreno pediu pênalti alegando que ao subir para tentar cabecear foi atingido no rosto pelo braço do zagueiro. Mas o árbitro só paralisou o jogo para o atendimento do atacante cruzeirense e não marcou nada.

Na etapa final, o Cruzeiro aumentou a pressão. Maurício chutou no canto e o goleiro espalmou.

Até que, aos 17 minutos, a insistência da Raposa surtiu efeito. Cáceres pegou rebote na entrada da área e cruzou na medida para Cacá testar para o fundo das redes.

Aos 24, Stênio deixou o campo chorando com muitas dores no ombro direito, após cair de mau jeito em uma disputa de bola com Wellington Tanque na lateral.

Depois que o Cruzeiro abriu o placar, o jogo ficou morno no Mineirão por algum tempo. O time celeste voltou a ter dificuldades para atacar, enquanto o Botafogo-SP não esboçava reação para tentar o empate.

Mas, nos cinco minutos finais, a partida esquentou. Em duas oportunidades, o atacante Thiago quase ampliou para a Raposa.

O Botafogo-SP chegou ao empate aos 40 minutos. Após cruzamento, Ferreira cabeceou, Fábio espalmou para o meio da área e, no rebote, Wellington Tanque chutou forte sem chances para o goleiro celeste.

No entanto, nem deu tempo de os paulistas comemorarem. O Cruzeiro marcou o segundo dois minutos depois. Welington fez ótima jogada pelo lado esquerdo e cruzou para trás, na entrada da área para Jean, que dominou e bateu seco no canto.

Cruzeiro 2 x 1 Botafogo-SP

Cruzeiro: Fábio; Raúl Cáceres, Léo, Cacá e Giovanni (João Lucas); Jadsom e Ariel Cabral; Régis (Claudinho), Maurício (Jean) e Stênio (Welinton); Marcelo Moreno (Thiago). Técnico: Enderson Moreira

Botafogo-SP: Darley; Valdemir (Jonata Felipe), Robson, Jordan e Gilson (Guilherme Romão); Naldo (Ferreira) e Victor Bolt; Ronald, Matheus Anjos (Gustavo Henrique) e Rafinha (Luketa); Wellington Tanque. Técnico: Claudinei Oliveira

Motivo: 1ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Data: 8 de agosto de 2020, sábado, às 19h
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Gols: Cacá (17’/2º), Wellington Tanque (40’/2º), Jean (42’/2º)

Cartão Amarelo: Ronald, Naldo (Botafogo-SP); Ariel Cabral (Cruzeiro)

Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)
Auxiliares: Fábio Pereira (TO) e Cipriano da Silva Sousa (TO)

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link