Notícias

Estados Unidos ultrapassam marca de 200 mil óbitos por covid-19

Por Ansa Brasil, 22/09/2020 às 13:35

Texto:


Os Estados Unidos ultrapassaram a marca das 200 mil mortes causadas pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) nesta terça-feira (22), confirmou o Centro Universitário Johns Hopkins. Com isso, os norte-americanos representam cerca de 20% do total de vítimas registradas no mundo desde o início da pandemia em janeiro.

Segundo os dados atualizados às 13h, são 200.005 óbitos no país, mas o número tende ainda a subir, já que os estados informam seus boletins em horários diferentes ao longo do dia. No mundo, são 965.893 mortes. Os norte-americanos lideram o ranking de vítimas, seguidos pelo Brasil (137.272), a Índia (88.935) e o México (73.697).

Além de serem os que mais contabilizam falecimentos, os EUA são os que mais têm casos confirmados da Covid-19, com 6.861.211. No segundo lugar, aparece a Índia com 5.562.663, o Brasil com 4.558.040 e a Rússia 1.111.157. Nenhuma outra nação do mundo superou a marca do um milhão de infectados além destas quatro.

A situação norte-americana preocupa porque, além de quase metade dos estados estarem registrando aceleração da doença, o país está entrando na época mais fria do ano, onde as doenças respiratórias são mais comuns. Hoje, no hemisfério norte, começa o outono.

No entanto, para o presidente do país, Donald Trump, a gestão do seu governo é digna de uma nota "A+", a maior nota do ensino norte-americano, e o vírus "não afeta virtualmente ninguém". As afirmações foram dadas na noite desta segunda-feira (21) durante um comício eleitoral.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    A pena, em caso de condenação, pode variar de cinco a 15 anos de prisão. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Conforme avaliação de especialistas, fatores que explicam a elevação do preço da carne no país não vão se alterar até o fim do ano #itatiaia

    Acessar Link